Evite erros e multas: Melhores práticas para a declaração da ECF

post_praticas_ECF

Compartilhe:

Falta pouco para o dia 30 de junho, data final de entrega da ECF (Escrituração Contábil Fiscal). As empresas e seus departamentos contábeis precisam estar preparados e sem nenhuma dúvida para gerar a declaração sem erros e dados inconsistentes. (Confira mais detalhes sobre essa declaração neste artigo).

A ECF foi implantada como substituição da Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (DIPJ) e tem como objetivo chegar ao lucro fiscal das instituições. Outro fator que merece atenção das empresas declarantes é o cuidado e atenção nas informações declaradas, já que o Fisco usa a ECF para cruzar todos os dados financeiros da empresa.
Segundo uma pesquisa da CNI, 87% das empresas acreditam que o número excessivo de regras e a burocracia são as maiores dificuldades para cumprir as obrigações legais com o Fisco, seguido pela complexidade das regulamentações. Esses fatores contribuem para a taxa elevada do faturamento não declarado para a Receita Federal, que atualmente chega aos R$ 1,32 trilhão. A multa para as empresas que cometem erros ou não declaram corretamente a ECF pode chegar a R$ 5 milhões.
As maiores dificuldades da geração da ECF são:

  • Adequação da apuração do IRPJ e CS
  • Link dos lançamentos na parte A do LALUR com a ECD
  • De/Para do Plano Referencial para fins de apuração fiscal
  • Alterações no layout
  • Memória de cálculo declarada
  • Possível GAP de informações da declaração do ano anterior
  • Criação de contas contábeis ou outro mecanismo para detalhar os lançamentos no LALUR

Para evitar erros e, consequentemente multas, as empresas devem estar atentas. Confira as melhores práticas para declarar a ECF:

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

  • Garantir que as informações sejam declaradas de maneira clara e analítica
  • Refletir corretamente os efeitos das recentes alterações tributárias nas informações declaradas
  • Adaptar a contabilidade e os controles internos aos procedimentos e detalhamentos exigidos pela Receita Federal
  • Desenvolver mecanismos de compliance e de revisão das informações declaradas
  • Assegurar o pagamento correto do IRPJ e CSLL
  • Cumprir as exigências e lançar individualmente as contas controladas, garantindo assim futura adição ou exclusão do Lucro Real ou Contribuição Sociais Sobre o Lucro Líquido
  • Implantação de sistema e consultoria de processos, com a inclusão de todos os dados de maneira correta e em tempo hábil

Sua empresa está preparada para a declaração da ECF?
Evite que as complexidades fiscal e contábil dominem a rotina de sua empresa. A StarSoft conta com a solução Gestão Fiscal StarSoft Applications, que automatiza o processo de geração e envio das declarações ao Fisco, além de ter especialistas à disposição para esclarecer as dúvidas do sistema e apoiar o fechamento da declaração da sua empresa.
Para mais informações entre em contato com a StarSoft pelo telefone (11) 4133-2200 ou pelo link https://www.starsoft.com.br/contato.

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

Artigos relacionados

Quais as prioridades de tecnologia para 2022, segundos CIOs?
Como um CHRO pode se tornar mais estratégico em 2022?
Gestão Ágil veio para ficar ou é uma tendência passageira?