Compartilhe:

Após a conclusão das 3 fases de envio dos eventos do eSocial, as empresas devem se preparar para transmitir a DCTFWeb até o dia 15 do mês seguinte ao da ocorrência dos fatos geradores. Após a transmissão da DCTFWeb, que substituirá a Gfip, será gerado o Darf, que passará a ser utilizado no recolhimento das contribuições sociais previdenciárias, em substituição à GPS.
 
Confira o cronograma de transmissão da DCTFWeb:
1º Grupo (Entidades Empresariais com faturamento, no ano-calendário de 2016, acima de R$ 78 milhões) – já iniciou o processo de migração para o novo sistema em relação aos fatos geradores ocorridos desde agosto/2018
2º Grupo (Entidades Empresariais com faturamento, no ano-calendário de 2017, acima de R$ 4,8 milhões) – em relação aos fatos geradores ocorridos a partir de abril/2019
3º Grupo (Demais Entidades Empresariais com faturamento, no ano-calendário de 2017, até R$ 4,8 milhões, Empregadores Pessoa Física (exceto doméstico), Produtores Rurais Pessoa Física e Entidades Sem Fins Lucrativos) – em relação aos fatos geradores ocorridos a partir de outubro/2019
4º Grupo (Entes Públicos, Organizações Internacionais e Outras Instituições Extraterritoriais) – a entrega será estabelecida em norma específica.
 

Ainda tem dúvidas sobre o eSocial?

Clientes StarSoft agora podem contar com uma consultoria virtual de apoio à geração do eSocial. Para saber mais acesse aqui ou ligue 11 4133 2200.

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

Artigos relacionados

Quais as prioridades de tecnologia para 2022, segundos CIOs?
Como um CHRO pode se tornar mais estratégico em 2022?
Gestão Ágil veio para ficar ou é uma tendência passageira?