eSocial e a mudança na rotina dos profissionais de RH

banner_blog_esocial_02

Compartilhe:

13/06/2017
Depois de muitas prorrogações, as empresas que ainda não se adaptaram ao eSocial precisam se preparar. A fase final do projeto está quase 100% homologada e valerá efetivamente a partir de janeiro de 2018. Para saber mais sobre o que é o eSocial clique aqui.

Com a total implantação do projeto, a rotina e o dia a dia do departamento de Recursos Humanos contará com muitas mudanças, principalmente nas atividades departamento pessoal, informações sobre admissões e desligamentos, horas trabalhadas, alterações salariais e folha de pagamento terão um prazo pré-determinado para envio. Por exemplo: dados de admissões e desligamentos devem ser enviados imediatamente; já as informações relativas à folha de pagamento deverão ser submetidas até o dia 7 do mês subsequente. Assim, o recolhimento do FGTS e dos tributos estará garantido.
Atualmente, a gestão de pessoas é uma das áreas mais importantes e estratégicas das empresas. Entretanto o setor de recursos humanos costuma ser uma área atribulada e que exige bastante das empresas, vista uma legislação burocrática.  O eSocial foi criado para simplificar o dia a dia desses profissionais, reduzindo a burocracia e simplificando suas atividades. Com o eSocial será muito mais prático e eficiente gerir as informações dos colaboradores.

Mudança no eSocial

Sua empresa está por dentro das principais mudanças com o eSocial? Confira as principais mudanças que implicam diretamente no departamento de Recursos Humanos:

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

  • O sistema exigirá novas informações e dados dos colaboradores;
  • Admissões precisarão ser transmitidas no dia anterior;
  • Aviso de férias deve acontecer conforme CLT;
  • ASO (Atestado de Saúde Ocupacional) terá que ser comunicado na emissão;
  • Os dados enviados precisarão ter a assinatura digital da empresa;
  • Para garantir a consistência das informações enviadas, a empresa precisará acompanhar o envio e retorno dos dados.

Para se preparar para as todas essas mudanças, Wellington Silva, diretor da StarSoft, empresa especialista em soluções de softwares para gestão corporativa, destaca que o departamento de Recursos Humanos precisa ter a certeza de que os dados dos funcionários estão corretos para que não haja problemas no cruzamento de dados com o Governo Federal e que todos os departamentos da empresa estejam alinhados das novas rotinas do eSocial de modo que haja uma maior fluidez nas adaptações que a empresa precisará fazer para atender as exigências do eSocial.
A StarSoft tem uma solução completa para o RH de sua empresa: o StarSoft Application, que permite auditoria na base de dados, cruzando as informações enviadas com os campos obrigatórios. Para mais informações sobre o eSocial e as soluções oferecidas pela StarSoft, acesse https://www.starsoft.com.br/solucoes/recursos-humanos ou entre em contato com um dos consultores da StarSoft através do telefone (11) 4133-2200.

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

Artigos relacionados

Quais as prioridades de tecnologia para 2022, segundos CIOs?
Como um CHRO pode se tornar mais estratégico em 2022?
Gestão Ágil veio para ficar ou é uma tendência passageira?