EFD-Reinf: Sua empresa está obrigada a declarar?

Compartilhe:

As diversas obrigações existentes no Brasil, exigem que as organizações se atentem aos detalhes, evitando assim transtornos e, garantindo a tranquilidade perante o Fisco.
Um exemplo de obrigação fiscal repleta de detalhes é o EFD-Reinf- Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais, que tem por objetivo  escriturar rendimentos pagos e retenções de Imposto de Renda, Contribuição Social do contribuinte exceto aquelas relacionadas ao trabalho e informações sobre a receita bruta para a apuração das contribuições previdenciárias substituídas.

Dessa maneira ficam obrigados a adotar a EFD-Reinf os seguintes contribuintes:

I – pessoas jurídicas que prestam e que contratam serviços realizados mediante cessão de mão de obra nos termos do art. 31 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991;
II – pessoas jurídicas responsáveis pela retenção da Contribuição para o PIS/Pasep, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
III – pessoas jurídicas optantes pelo recolhimento da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB);
IV – produtor rural pessoa jurídica e agroindústria quando sujeitos a contribuição previdenciária substitutiva sobre a receita bruta proveniente da comercialização da produção rural nos termos do art. 25 da Lei nº 8.870, de 15 de abril de 1994;
V – associações desportivas que mantenham equipe de futebol profissional que tenham recebido valores a título de patrocínio, licenciamento de uso de marcas e símbolos, publicidade, propaganda e transmissão de espetáculos desportivos;
VI – empresa ou entidade patrocinadora que tenha destinado recursos a associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional a título de patrocínio, licenciamento de uso de marcas e símbolos, publicidade, propaganda e transmissão de espetáculos desportivos;
VII – entidades promotoras de eventos desportivos realizados em território nacional, em qualquer modalidade desportiva, dos quais participe ao menos 1 (uma) associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional; e
VIII – pessoas jurídicas e físicas que pagaram ou creditaram rendimentos sobre os quais haja retenção do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF), por si ou como representantes de terceiros.
A EFD-Reinf – deverá ser transmitida ao Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e será considerada válida após a confirmação de recebimento e validação do conteúdo dos arquivos que a contém.

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

Simplifique os seus envios com quem entende do assunto

Com 31 anos de mercado, a StarSoft auxilia companhias no controle dessas informações e gerenciamento de processos. Por meio do ERP StarSoft Applications, é possível reunir informações de todos os departamentos, automatizar e organizar de forma racional e prática, e eliminar muitas etapas e retrabalhos.
A solução é dividida em sete áreas que integram procedimentos administrativos, financeiros, comerciais, industriais e logísticos. Cada uma delas possui módulos especializados em gestões. Elas ajudam na reunião de informação e tomada de decisão, dependendo da necessidade da sua empresa.
No módulo de controladoria, por exemplo, você encontra funcionalidades que atendem etapas e exigências do governo. Como o Controle Ativo Fixo (Imobilizado), Contabilidade e gestão fiscal. Com fórmulas próprias para cálculos de coeficientes contábeis que utiliza parâmetros configuráveis do plano de contas da empresa, centros de receita e de despesa, e realiza os relatórios.
Para saber mais, entre em com nossos consultores e descubra como essa e outras soluções podem facilitar ainda mais o seu trabalho e o rendimento dos negócios. Acesse www.starsoft.com.br/contato ou ligue para (11) 4133-2200.
 
 

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s.

Artigos relacionados

Quais as prioridades de tecnologia para 2022, segundos CIOs?
Como um CHRO pode se tornar mais estratégico em 2022?
Gestão Ágil veio para ficar ou é uma tendência passageira?